Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

15.09.07

Ficheiros Esotéricos: O Inicio


Márcio Branco

Vou introduzir uma nova rubrica aqui no blog, intitulada de “Ficheiros Esotéricos”. Para ser sincero queria dar o nome de Ficheiros Secretos (eheheheeheheh) mas apercebi-me a tempo que isso iria dar uma imagem de relatos alienígenas e muita ficção cientifica, então ficou o nome de ficheiros esotéricosJ.

Esta rubrica vai ser um pouco do levantar o véu daquilo que se passa numa consulta ou numa série de consultas, desde o início em que o cliente se identifica e relata o seu problema até à resolução final e satisfatória do mesmo. Também será neste espaço que irei revelar alguns aspectos mais pertinentes ou curiosos de alguns casos.

Aspecto importantíssimo J Nunca será revelado nomes, idades, locais de residência nem mesmo o país de origem do cliente e todos os eventuais casos relatados serão tratados de forma a revelar apenas o essencial do problema em causa e será sempre com o prévio consentimento do possível visado.

Por isso a questão da privacidade estará sempre salvaguardada e nunca será possível identificar a pessoa ou pessoas. Apesar de muitos dos problemas serem do senso comum e de todos sabermos um pouco de coisas assim, não será possível de forma nenhuma ligar a pessoa ao relato escrito, mas decerto irão pensar ao ler que conhecem uma história assim, que até pode ser da vizinha da frente, do amigo de infância ou mesmo do colega do trabalho. É surpreendente como os nossos problemas são extremamente parecidos e apesar de pensarmos que só nos acontece a nós, em boa verdade está também a acontecer o mesmo a uma centena de pessoas, só que nós não temos conhecimento disso!

O objectivo principal é poder mostrar a todos os que gostam de ponderar e pensar sobre as relações humanas, de que por vezes situações similares têm desfechos diferentes ou que afinal aquilo que sofremos e estamos a passar é comum e outros passam pelo mesmo. Talvez ao ler algumas das histórias possamos ganhar força para dar aquele passo que por vezes nos falta para fazermos ouvir a nossa voz, dar aquele grito de revolta J.

Mas hoje vou partilhar convosco um pouco do meu inicio nesta área da tarologia, penso que seja uma curiosidade natural, quererem saber como é que comecei, como cheguei até aqui e para onde caminho.

Já vos disse que sempre gostei desta temática e que um dia vi um baralho de tarot numa loja e tive de o comprar, é daquelas vontades que ninguém explica! E depois lá comecei a minha viagem J.

Foi um percurso muito normal, era ler alguma coisa sobre o assunto e depois tentar praticar sozinho, fazia questões sobre as pessoas mais próximas e por vezes sobre mim também.

Logo nesses primeiros tempos aprendi rapidamente que não consigo fazer tiragens para mim e nem devo, temos de aceitar o bom e o menos bom de qualquer profissão, esta tem este desígnio, indicar as informações aos outros e nunca saber nada para mim, pelo menos sendo eu a fazer essa tiragem ou previsão.

Numa segunda fase comecei a tentar descobrir o meu próprio método, inicialmente seguia alguns descritos em livros e depois fui encontrando o meu próprio método, aquele que me dava maior segurança e confiança.

Numa terceira fase é pedir aos amigos que não se importem de ser cobaias do nosso estudo J Felizmente todos gostam de saber coisas sobre o futuro e mesmo um aspirante a tarólogo consegue cativar alguém J Essa fase das leituras para os amigos foi importante, porque permitiu apurar o faro e apurar o método, deixar de ser algo meramente descritivo do significado das cartas para uma real associação entre as diferentes cartas que saíam e transpor para a problemática em causa.

Ainda tenho presente a minha primeira previsão correcta, foi uma daquelas banalíssimas, vão vocês dizer depois de saberem, mas para mim e mediante as circunstancias foi algo que claramente me indicou o caminho.

Na altura estava a conferenciar com a minha namorada sobre um casal amigo nosso e esse casal tinha-se separado. Ela foi viver para outro país e ele ficou cá. Entre eles conversaram e decidiram seguir os rumos diferentes, mas ele estava mais em baixo porque não era possível contactar com ela e teria de ser ela a ter esse gesto. Então numa das conversas com a minha namorada e ela quis saber como estaria esse amigo a sentir-se, já não estávamos com ele à uma semana ou algo assim. Eu faço a interpretação da tiragem e digo-lhe que ele estava bem porque tinha recebido um telefonema da nossa amiga.

Lembro-me que na altura esta informação foi recebida com estranheza porque ela nunca ligava e não ia tomar essa atitude, por isso a minha previsão foi posta de lado. Mas nesse dia à noite o destino faz com que esse amigo apareça, muito contente, porque tinha falado com ela ao telefone e já tinha conversado o que faltava conversar J

Uma previsão banal, mas que logo na altura me deu um crédito de vidente, não das estrelas (eheheehehheh), mas um vidente dos amigos J

Depois foi continuar a trabalhar e a desenvolver as capacidades, mas sobre isso falaremos em breve J