Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

21.07.12

O Homem pelo qual todas correm atrás


Márcio Branco

 

Existem vários especimes de homens, uns altos ou baixos, magros e gordos, cabeludos ou carecas mas no mundo animal todos eles bem ou mal encontram a sua parceira. Claro está que existem uns com mais vantagens que outros e podem dar-se ao luxo de ter a fêmea atrás deles. Muito se fala deste especime, uns chamam machos latinos outros identificam o homem sensivel como sendo o mais apetecivel.

Em boa verdade apenas posso dizer o que vi e durante estas férias finalmente encontrei o homem pelo qual vi mulheres a correr atrás, eram portuguesas e estrangeiras, novas e velhas e ele só parava mesmo por uns segundos pois existiam outras para servir e até a minha filha de 2 anos ficou embeiçada!!!!

Falo do Homem das Bolas de Berlim que encanta todos e todas e literalmente tem toda a gente atrás dele :-)

 

Esta imagem foi tirada na praia de S.Rafael e quem por lá for ou estiver vai reconhecer certamente o vendedor do tão apetecivel snack :-)

14.11.09

Os homens e as compras


Márcio Branco

Eu considero-me um jovem e acho que faço parte da geração jovem deste país e por isso acho que a classe masculina ainda precisa de uma afinações, nomeadamente no que diz respeito às idas ao supermercado.

Verifico constantemente que os homens vão às compras com listas feitas pelas respectivas companheiras e mais do que isso as listas estão redigidas de forma a que não sejam possiveis margens de manobra, do género: "Comprar liquido para a loiça - tem de ser daqueles que diz concentrado" ou então "Comprar ovos - mas ovos fresquinhos".

Das duas uma, ou os homens são uns atrasos que não sabem fazer compras ou então os homens estão a permitir ser estupidificados por estas listas e pelo facto de não quererem ir mais vezes fazer as compras para a gestão doméstica!

Eu cozinho desde os meus 14 anos e faço-o porque sempre pensei que não iria num futuro próximo depender de alguém para me cozinhar e por isso mais valia aprender a faze-lo e faze-lo bem (daí que hoje na maioria dos dias quem cozinha em casa sou eu) e também faço bem doces!!

E como qualquer gestão doméstica saber fazer compras é essencial mas observo que a maioria dos homens encara esta tarefa com bastante desagrado e depois quando são obrigados a ir e sim na maioria devem ser obrigados mesmo só fazem tristes figuras.

Vamos então pessoal (aqui pessoal é só para os homens) mudar isto:

Em primeiro lugar é preciso começar a encarar esta tarefa como sendo uma tarefa bastante positiva e interessante :-)

A segunda razão vem directamente do simples facto de que fazer compras é uma actividade importante para a sobrevivencia masculina, vocês precisam de comer pessoal e vão deixar que sejam outros a fazer essa escolha? Bem me parecia que não vão voltar a deixar que outros escolham aquilo que vão comer.

E se até agora não vos convenci vou então revelar a terceira razão:

A terceira razão é que no supermercado andam dezenas de mulheres sozinhas!!!Logo é um optimo sitio para encontrarem a mulher ideal e poderem mostrar que são uns homens modernos!

Agora a sério pessoal, ir às compras é uma tarefa de homens e mulheres e por favor mostrem dignidade quando as vão fazer!!! Nada de listinhas parvas ou comentários obtusos!!

Bom fim de semana e já agora boas compras :-)

02.08.08

Livro do Mês: História Desconhecida dos Homens, desde há cem mil anos


Márcio Branco

Este mês aconselho-vos um livro que para mim é daquelas pérolas bibliográficas que merece destaque em qualquer estante :-)

Descobri este livro por volta dos 12 anos, estava arrumado dentro de um armário e para mim foi como descobrir um tesouro, talvez tenha sido este livro o causador da minha faceta mais esotérica e alternativa, pois este livro sem dúvida que abriu os meus horizontes, para uma realidade que diariamente é construida e reconstruida e que somos nós, individualmente, que devemos interrogar e questionar para que nada nos escape ou nos seja "oferecido" como verdadeiro sem o ser, aqui vai a sinopse deste livro, de 1963, Livraria Bertrand, do autor Robert Charroux:

"Em a História Desconhecida dos Homens desde há Cem mil anos, o autor aborda a sua tese fundamental, o homem de hoje nada inventou, tudo já foi vivido, experimentado pelos Antepassados Superiores. Os homens construiram já naves siderais, viajaram no cosmos, conheceram as ondas hertzianas, os motores de reacção e ião-solares, a nergia atómica. Irradiaram o nosso planeta e deterioraram a espécie humana. Mas os poucos sobreviventes desta humanidade superior, antes de desaparecerem ou cairem na inconsciencia - antes de se tornarem aquilo a que nós chamamos "homens pré-históricos" -, legaram aos seus decendentes uma grandiosa mensagem, advertindo-os das consequencias das suas próprias descobertas. Porém, no decorrer dos séculos, centros de contraverdade têm ocultado este conhecimento, mantido embora pelas sociedades iniciaticas.

Extraordináriamente documentado, "História Desconhecida dos Homens..." pode inicialmente surpreender mas convence à medida que as páginas vão passando e se acumulam os factos que enleiam o leitor fascinado pela Primi-História, quando os nossos longiquos antepassados viveram aquela civilização que os sábios de hoje, em segredo, reconstituem, anunciando o regresso dos Mestres do Mundo".

Um livro fascinante que aborda os mistérios do mundo, desde as civilizações antigas às descobertas cientificas mais marcantes. Tudo isso será obra nossa, ou alguém trilhou este caminho antes e deixou-nos pistas para alguém seguir. Os detentores destes saberes quererão partilhar com a humanidade aquilo que sabem ou estarão em segredo a acumular riquezas e poder para proveito próprio???

Estas e outras perguntas e obviamente respostas, num livro de 1963, que sem dúvida nenhuma nos faz pensar e cativa página a página. Penso que este livro será muito dificil de obterem, devido à idade do mesmo e da edição já estar possivelmente esgotada mas podem sempre tentar na biblioteca da vossa cidade ou algum alfarrabista.

O meu exemplar está bem guardado :-)

Boas leituras e fiquem bem.

21.08.07

Homem actual :-)


Márcio Branco

Este post vem no seguimento de algumas conversas que tenho tido, profissionais e não profissionais, sobre a mudança dos homens na actualidade (se é que eles alguma vez mudaram!!!) ou se existe uma concepção um pouco ilusório do que é ser homem J.

Claro está que a maioria destas conversas são provenientes do universo feminino, que de alguma forma manifestam o seu desagrado pelas atitudes que verificam nos exemplares masculinos, a saber:

- Existe uma tendência para os homens se acomodarem com as coisas e não lutarem por aquilo que querem, ou pelo menos não demonstrarem à mulher que estão a lutar por algo que elas gostariam que eles estivessem a lutar J.

- Numa situação de romance, parece que o homem actual se deixa pautar pela total apatia e não avança e nem faz nada, deixa as despesas de todo o envolvimento para a mulher que se sente “diminuída” na sua feminilidade, pois uma mulher deve ser arrebatada, conquistada, deve ter um príncipe para a conquistar e não deve ser ela a estar atrás do seu amado.

- Os homens parecem ter uma tendência para perpetuar situações menos boas e têm uma enorme dificuldade de assumirem os seus erros e de falarem sobre as coisas que estão mal.

- Quando a rotina se instalou e a mulher quer introduzir algumas mudanças, o homem parece que está satisfeito com o que tem e não consegue perceber a insatisfação da parceira, que deseja algo mais. O que faz com que a tensão vá aumentando e o risco de ruptura seja maior.

- Com toda a panóplia de situações anteriores, parece que as mulheres consideram de uma forma geral, que não existem exemplares de homens com H grande e o surge no mercado disponível é um homenzinho com poucas hipóteses de a médio/longo prazo de satisfazerem as necessidades das mulheres. Parece que este tipo de homem é usualmente de apelidado de “banana”!!!!

Vou então tentar traçar o perfil de homem com H grande, que não tendo que ser perfeito (porque afinal errar é humano!), deve ter algumas características essenciais:

- Deve ser ele a tomar a iniciativa e a ser ele a agir (salvo as ocasiões em que a mulher manifeste vontade de ser ela a tomar o pulso da situação).

- Deve ser carinhoso e atencioso e proporcionar sempre à companheira todo o carinho e amor que ela necessite, isto inclui naturalmente satisfazer todas as necessidades e fantasias sexuais que a parceira possa ter (salvo as ocasiões em que a parceira manifeste o seu cansaço ou a sua vontade de não querer nada nessa altura).

- O homem deve tratar-se bem, incluindo estar sempre bem apresentável, principalmente para que as amigas se sintam com inveja de “possuir” um namorado/ marido assim. Bem perfumado, hálito agradável e de preferência que não tenha muitos vícios, como seja fumar em demasia ou beber.

- O homem deve ser um conquistador constante e deve tentar surpreender a sua cara-metade em todas as ocasiões que puder. Como preparar pequenas surpresas ao pequeno-almoço, deixar bilhetinhos pela casa, oferecer flores, preparar um jantar romântico. O importante mesmo é não se tornar repetitivo e ter sempre ideias novas e estar sempre a inovar.

- O homem com H grande, deve ainda ser responsável e ter uma apetência natural para tratar da família, cuidar dos filhos e desempenhar a função de pai como segundo natureza. Pois nada agrada mais a uma mulher que ter alguém ao seu lado que dê valor à família e compreenda as inúmeras responsabilidades que a mulher diariamente já acarreta.

- Claro que hoje em dia, saber fazer a lida da casa é pré requisito obrigatório, por isso cozinhar, lavar a roupa, passar a roupa, aspirar e limpar o pó já nem se menciona porque isso é já um dado adquirido J.

Eu penso que algumas desta características podem ser eliminadas se o homem se dispuser a amar incondicionalmente a sua parceira, se for compreensivo, fiel e for um companheiro para a vida, algumas destas características podem ser esquecidas (mas não todas!!!) e o mundo seria bem melhor, teríamos mulheres satisfeitas e realizadas e também teríamos homens, pelo menos do prisma das mulheres, bem mais interessantes do que a maioria do que surge no “mercado”.

Aqui fica a reflexão possível, talvez ainda retorne a este assunto, se entretanto encontrar mais aspectos que ache interessante partilhar convosco J E como decerto vão encontrar, despeço-me com um até breve.