Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

30.05.09

O que vai fazer Domingo à tarde??


tarotnet

 

 

Esta musica não deve fazer parte do leque de escolhas da geração mais jovem mas sem dúvida nenhuma que faz parte da juventude dos anos 60/70. O cantor brasileiro Nelson Ned popularizou a música "Domingo à tarde" e como eu sou fan de pesquisar nos baús de recordações porque encontra-se sempre coisas interessantes aqui vos deixo esta pérola :-)

A música lançou-me o mote para escrever este post e reflectir um pouco sobre o namoro e enamoramento do passado versus o namoro e enamoramente de agora.

Penso que todos nós já ouvimos falar do namorar antigamente à janela, das relações platónicas que duravam anos (não esquecer que contactos fisicos estavam limitados aos muito tórridos apertos de mão!!) e já nem falo nos casamentos para toda a vida :-)

Esta versão idilica do namoro de antigamente está obviamente pintada de cor de rosa pois o tempo encarrega-se sempre de acalmar, amansar e esconder o que de facto se passava.

Verdade seja feita que antigamente uma relação a dois era muito mais do que simples desejo fisico, era uma ligação muito forte a um compromisso, a uma ideia de eternamente juntos e sabendo que iriam ficar juntos para sempre era importante que os aspectos menos positivos fossem ultrapassados e limados para que essa vida a dois não se tornasse penosa.

Uma mentalidade muito vincada religiosamente, um papel da Mulher subjugado a dogmas enraizados contribuiram também para que os relacionamentos perdurassem e chegassem até aos dias de hoje.

Se alguns defedem que antigamente o namoro era mais puro também podemos dizer que antigamente os casais viviam muito controlados por parametros sociais que era uma das razões dessa pureza!

Sempre existiram traições, sempre existiram gravidas, sempre existiram casais felizes e menos infelizes e não se pode dizer que antigamente era bom e agora é mau.

Hoje em dia temos relações muito direccionadas para o prazer corporal, satisfazer os prazeres carnais é essencial, sem isso uma relação parece incompleta e insatisfactória. Podemos achar que isso é limitar a relação mas a verdade é que vivemos num periodo em que a Mulher ganhou outro estatuto, pode escolher e satisfazer as suas vontades, a igreja já não molda as mentalidades e a politica está liberalizada, temos acesso à informação e à desinformação.

Cada um de nós é construtor da sua sabedoria e do seu conhecimento, convivemos com familias monoparentais e pluriparentais, com casais homossexuais e heterossexuais, casais monogamicos e plurigamicos, etc.

Nada nos limita e tudo nos limita :-) A beleza do mundo social em que estamos inseridos é essa mesma porque dizermos que podemos escolher sem sermos influenciados é estar a negar o obvio :-)

Não me parece que hoje o namoro seja melhor que o de ontem e vice versa, é diferente e ponto final :-) Não precisamos nem devemos avaliar porque quem tem hoje 20 anos vive o presente e não à 40 anos atrás e quem tem 60 anos também não pode repetir os anos de juventude no presente (era bom!!!).

Antigamente os namoros duravam muitos anos, agora também!

Agora existem mulheres que engravidam antes de casarem, antigamente os filhos iam aos casamentos dos pais!!

Antigamente namorava-se ao Domingo e hoje só não namora ao Domingo quem não tiver namorado/a!!! Porque namorar é muito bom!!! Ehehehehhehe, digo eu!!!

 

Espero que os leitores gostem da musica que para mim se adequa a qualquer casal de qualquer idade :-)