Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

22.11.08

Os charlatões


tarotnet

Escrevo este post porque penso ser uma missão pessoal alertar todos vós para aquilo que acontece um pouco por todo o país, nesses escritórios manhosos, nessas casas ou subcaves onde pseudo professores/médiuns/tarólogos/cartomantes/videntes e sei lá mais o quê executam trabalhos de forma muito duvidosa. As ciencias esotéricas são na sua maioria de fácil acesso a todos nós, quer através de livros, ensinamentos pessoais, cursos e afins e todos nós podemos ter este "poder" nas nossas mãos, claro que umas pessoas poderão aprofundar e ter uma sensibilidade maior para a temática mas de forma geral as ciencias esotéricas não são fechadas sobre si mesmas e não são exclusivas de pessoas com poderes especiais. Com isto quero dizer de forma muito clara e objectiva que não é possivel que todos os anúncios que podem ler nos jornais sejam verdade, não é matemáticamente possivel que existam tantas pessoas com poderes especiais a divulgarem os seus serviços. Mas como este assunto tem tantas variaveis vamos por partes:

- Vamos falar de preços. Todas as profissões devem ser remuneradas e não critico de forma nenhuma que exista um pagamento para os serviços de natureza esotérica. Como não existe uma tabela fixa, cada profissional pode pedir aquilo que acha que o seu serviço merece e é em última análise o cliente que pode ou não mudar esse valor. Mas vamos ser sinceros e eu sou uma pessoa frontal e gosto sempre de falar primeiro em mim e só depois nos outros, eu por exemplo cobro actualmente 30 euros por consulta online (com a duração de uma hora) e 10 euros por cada consulta temática (amor, saude, etc) e acho que presto um bom serviço, pelo menos esforço-me para dar o máximo de mim (poderá enventualmente existir alguém descontente com o meu serviço, admito isso mas acho que o meu esforço e dedicação em cada consulta é facilmente verificado) e aquilo que eu alerto e digo sempre é para que não se deixem levar por falsas promessas e reflictam bem quando alguém lhes pede milhares de euros para resolver determinado assunto, pensem bem porque isso poderá ser uma forma de alguém ganhar dinheiro facil. Não critico quem cobra estes valores, eu por exemplo não pediria esses valores mas sou eu e cada um apenas pode responder por si mas penso que pedir milhares de euros para resolver uma crise conjugal por exemplo é da parte de quem dá esse dinheiro uma estupidez, porque pegava nesses milhares e ia fazer umas férias, apenas o casal, e de certeza que a crise conjugal deixava de existir (conselho gratuito!!!)

- Vamos falar da fragilidade emocional. Neste ramo profissional e falo pela minha experiencia pessoal é um facto que diariamente lidamos com pessoas que emocionalmente estão mais debilitadas, quer seja porque recentemente acabaram o namoro ou casamento, ou porque se encontram numa encruzilhada e devem fazer escolhas, etc. E é esta fragilidade que faz com que procurem ajuda e conselhos nas ciencias esotéricas, ouvir a opinião do tarot, o que revelam as cartas para o caso particular da pessoa e devemos sempre ter um espirito positivo e de apoio para que a pessoa no final da consulta saia satisfeita e motivada a seguir a sua caminhada. Para mim é impensavel que alguém termine uma consulta e se sinta ainda pior ou quem indicações minhas para voltar noutra consulta ou fazer mais pagamentos. Quem ajuda deve faze-lo numa consulta e depois deixar a pessoa fazer  seu trajecto e quando ela sentir necessidade de uma nova orientação estarmos ao seu dispor mas sempre com o discurso de que cada pessoa manda na sua vida e pode a qualquer altura mudar o seu destino. Claro que também acontece que os maus profissionais se aproveitam da fragilidade das pessoas e até chegam a envolver-se com as clientes com o intuito de ajuda-las mas no fundo é apenas para seu belo prazer. Deve existir amizade e verdade entre o profissional e consultante mas deve sempre existir uma barreira de seriedade e correcção para que a pessoa fragilizada não seja vitima de alguém que sabendo da sua posição de "guia" pode influenciar a pessoa a agir de forma menos correcta.

- Vamos falar de verdadeiros profissionais. Quem é verdadeiramente profissional está sempre disponivel a dialogar, a interagir com a pessoa, seja cliente ou não. Porque o interesse é ajudar e não extorquir dinheiro a todo o custo. Não posso ser eu a dizer quem é ou não profissional porque isso depende de vocês mas escolham bem, porque isso pode ser importante para a forma como encaram as ciencias esotéricas. Porque um bom profissional dá credibilidade perante o consultante mas um mau profissional dá uma má imagem perante a opinião pública.

Custa-me ver no jornal que "Professor X e grande vidente....foi preso por extorção e violação de clientes...", custa porque depois todos somos metidos no mesmo saco, porque existe muita falsidade e existe uma necessidade, cada vez maior, de fazer dinheiro rapidamente. E pensam que através do esoterismo podem ficar ricos e sabem que os burlados se vão sentir humilhados e nem queixa vão fazer, porque ninguém gosta de admitir que consultou um vidente ou tarólogo, etc. Não quero que pensem que este post serve para me auto vangloriar porque sinceramente só sei que nada sei e não quero que ninguém seja igual a mim, a beleza da humanidade é essa mesma, a diversidade de personalidades e opiniões que cada um de nós tem.

Da mesma forma que eu poderei agradar a uns e desagradar a outros, com os outros acontecerá a mesma coisa e respeito isso :-) Mas o importante é que vocês também estejam atentos e não permitam que pessoas menos correctas abusem da vossa fragilidade do momento para obterem daí dividendos. O mundo do esoterismo, seja o tarot, runas, numerologia, astrologia, quiromancia, etc, é um mundo maravilhoso que deve ser usado para fazer o bem e para ajudar todos aqueles que o procurem, distorcer esta verdade é corromper tudo aquilo que os profissionais como eu andam dia a dia a tentar construir e deixar como legado às futuras gerações de adeptos do esoterismo e em especial da tarologia :-)

 

29.05.07

Pior do que não ajudar nem fazer nada, é mesmo complicar.....


tarotnet

Hoje não vou escrever sobre oráculos milenares nem sobre civilizações que já sabemos que foram grandes e depois pereceram com o decorrer das voltas diárias do nosso planeta terra, durante séculos e séculos. Hoje escrevo sobre pequenas coisas que acontecem todos os dias, que estão neste momento a acontecer, na sua casa, num café, noutro país. Aquelas coisas que nos deixam a "moer" a cabeça.

Existem 3 tipos de pessoas: As que ajudam, as que não ajudam e as que complicam. Quero falar sobre este terceiro arquétipo de pessoa, as que sistemáticamente complicam. Para mim é justificavel que alguém possa não ajudar, depende da situação obviamente, mas não ajudar é uma opção válida. "Olhe, desculpe lá, mas não posso ajudar porque não sei ler em inglês"; "Amigo, agora não posso, não tenho tempo"; "Não dou moeda nenhuma, tive de trabalhar muito para a ganhar" e por aí fora..... Mas agora façam um exercicio mental e tentem encontrar exemplos de pessoas que simplesmente complicam a nossa vida, parece que têm prazer em fazer, estão destinados a complicar a vida de todos aqueles com quem se deparam.

Vou dar-vos um exemplo de algo que me aconteceu à muitos anos atrás (épa, isto já tem mesmo uns aninhos, estou a ficar velho!), fui com uns amigos a uma discoteca e não nos deixaram entrar. Segundo os seguranças era necessário ter o cartão da casa para entrar. Então perguntei como é que se podia adquirir o cartão da casa e a resposta não se fez esperar, "Para ter o cartão da casa é preciso entrar!".

Dilema complicado, queria entrar e não tinha cartão e para ter o cartão era preciso entrar!!

Este segurança apenas estava a complicar. E na altura como agora, tenho de combater estas pessoas complicadas. Na altura fui falar com o gerente e obtive o cartão da casa e depois nunca mais lá fui!!!

Mais recentemente surgiu na minha vida outra pessoa complicada, que também vai ser preciso ultrapassar. Como antes, agora também vai ser preciso perseverança e atitude positiva, mas como antes vai ser uma batalha ganha :-)

Façam o mesmo, abaixo as pessoas que complicam :-)!!!!!