Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

28.01.12

Actualização


tarotnet

Este fim de semana actualizei os valores cobrados nas diversas consultas de tarot. Podem verificar no texto do titulo os valores actuais.

Desde que o blogue teve o seu inicio que os valores não foram revistos mas é algo que tinha de ser feito e como gosto de manter uma postura de transparencia com todos vós penso que devo comunicar essa mudança.

Obrigado por continuarem a agendar consultas e obrigado por fazerem deste espaço algo que mereça ser visitado todos os dias :-)

 

29.08.11

...


tarotnet

Durante estes anos de consultas e contactos com pessoas apenas para aconselhamento posso dividir em duas grandes categorias aqueles que me contactam:

Temos a categoria daqueles que desejam de uma forma serena vislumbrar as possibilidades futuras e por isso planeiam de forma global a consulta de tarot. Em vez de se focarem em problemas do momento, desejam saber as perspectivas de futuro, futuros rumos em diversas áreas e possuem uma visão mais positivista pois não estão alarmados com nenhum problema especifico. Questionam sobre tudo e no momento de passarem esses problemas já estão motivados porque já possuem as ferramentas para ultrapassar ou escolher o caminho certo.

Temos a outra categoria daqueles que se interrogam apenas no momento da crise, do problema em si, é uma vivencia mais angustiante porque estão a resolver a situação in extremis e depois são obrigados a confrontarem os medos e as pessoas sem muita margem de aprendizagem e sem margem para poderem de forma saudavel aprenderem com esses mesmos erros.

Estas duas categorias vão sempre existir porque a natureza humana é mesmo assim :-) Enquanto uns de nós são mais serenos e racionais a viverem as situações existem alguns que só vão ao´"médico" nas ultimas e estamos sempre a ouvir que a prevenção é o melhor remédio.

Escrevo este post mais pelo segundo grupo pois é o grupo que nas consultas eu verifico que ficam mais tensos, mais irritados porque não compreendem porque as coisas demoram o que demoram ou porque as coisas não são como eles queriam que fosse. Como sabem eu gosto de fazer analogias com comida e assim vou dar como exemplo um jantar que vão organizar na vossa casa. O jantar é hoje à noite e vocês têm duas hipoteses, ou ao longo do dia pensam no que vão fazer e compram os ingredientes ou então poderão só pensar e preparar quando chegarem a casa. Ora se temos na primeira hipotese uma probabilidade grande de o jantar correr bem na segunda o jantar poderá correr menos bem pois sem planeamento falha sempre alguma coisa.

Com a nossa vida é igual, se conseguirmos planear, investigar antes, estar a par das eventuais mudanças isso só ajuda depois o momento fulcral mas se só reagirmos no momento da crise vai ser mais complicado e aflitivo.

Eu aconselho sempre para que tentam estar um passo á frente, depois de resolverem a situação não se deixem levar novamente peo estado de coma, estejam alertas e previdentes, é preferivel fazer consultas de tarologia anuais ou bianuais e estar sempre em cima do acontecimento do que estar a fazer consultas todos os 3 meses e sentirem que estão sempre a correr atrás do prejuizo.

Vale a pena pensar nisto!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

26.03.11

Ficheiros esotéricos


tarotnet

Quando digo que uma consulta de tarologia não tem segredos penso mesmo assim, não existe nenhuma arte mágica na qual se possa colocar em prática. Numa consulta encontram-se duas pessoas, um faz a leitura e o outro coloca as suas questões.

Entre estas duas pessoas é necessário existir uma abertura e uma confiança que permita que as informações vão fluindo e se vão “descobrindo” as respostas.

Ainda hoje recebo e-mails de iniciantes na tarologia que desejam saber como começar, como abordar o cliente, como iniciar a consulta e por aí fora. Mas a verdade é que não é possível escrever um manual de como fazer uma leitura e de como faze-la bem, isto porque cada pessoa tem características únicas e não podemos querer colar atitudes minhas em pessoas que podem não ser assim.

Pode ser frustrante receber um e-mail meu e obter como resposta de que cada leitura deve ser pessoal e cada um de nós deve de encontrar o seu espaço e rumo, que não é possível ensinar a “estar” numa consulta, tem de ser cada um a percorrer um caminho pessoal que o leve com confiança até ao momento da consulta ou da tiragem de tarologia a alguém.

Há uns meses recebi um e-mail em que um “futuro tarologo” me indicava uma série de perguntas e juntamente a essas perguntas indicava as cartas que saíram e questionava-me sobre a minha leitura em relação às tiragens e se eu também teria dito o que ele disse.

O engraçado da questão é que eu fiz a minha interpretação e existiam umas diferenças entre a minha leitura e a dele e do meu ponto de vista essas diferenças existiam porque a determinado momento o “futuro tarologo” não estava com a distância necessária em relação à temática, ou seja, ele lia como sendo ele a dar opinião, logo dessa forma a leitura estava enviusada, pelo menos do meu ponto de vista.

No e-mail de resposta obtive um discurso bastante interessante em que o tarologo também era um orientador e perante as cartas deveria fazer o encaminhamento certo. Tudo isto é muito bonito e é uma retórica que fica bem mas é importante sabermos qual é a nossa posição e para mim quem lê as cartas é um mediador apenas, uma energia neutra, alguém que interpreta as cartas e passa a informação, porque a partir do momento em que eu digo aquilo que eu acho que deve ser dito então não existe leitura, existe apenas uma invenção!

Ler cartas para amigos de graça ou faze-lo de forma profissional exige a mesma postura de seriedade e de compromisso com esta ciência milenar, quem nos procura deseja uma resposta e a mesma deve ser feita da forma mais séria e leal possível, é melhor dizer que não se consegue ver nada ou não se consegue visualizar a resposta do que inventar uma resposta e depois criar falsas expectativas.

Pelo menos eu penso assim J

26.08.10

Dilemas interessantes e digo eu eternos


tarotnet

No outro dia (eu digo no outro dia mas o mais certo é já ter passado alguns meses!!) em consulta uma cliente abordava a questão da razão dos homens em geral terem receio de mulheres com poder ou com algum ascendente de poder.

No caso particular, ela uma mulher de sucesso não conseguia ter uma estabilidade emocional porque os homens não paravam muito tempo ao lado dela devido ao poder que ela detinha.

A consulta evidenciava uma postura correcta da parte dela e revelava que a escolha que ela tinha vindo a fazer não era a mais acertada. Escolhia homens com também caracteristicas fortes e que eram eles proprios dominadores logo existia uma incompatibilidade entre ambos. Ao aprofundar a consulta fomos vendo que de facto os homens que surgiam eram também eles pessoas de poder e habituados a exercer esse poder, daí as relações sairem menos positivas porque as duas pessoas estavam em competição, pelo menos de forma subjectiva.

A tiragem aconselhava, dentro do possivel obviamente, que a cliente escolhesse um homem que tivesse os principios morais que ela defendesse mas que não fosse em termos de poder superior a ela e que desta forma existiria um equilibrio adequado para que a relação se prolongasse mais no tempo e depois ambos pudessem aos poucos decidir o que fazer com essa relação.

Fui agora contactado para outra consulta pois o pretendente adequado apareceu e de facto o conselho dado pelo tarot tem-se revelado como positivo e adequado para esta cliente :-)

É importante realçar que foi preciso coragem para esta mulher, mudar a atitude e a mentalidade para poder assumir que ao nivel dela, pelo menos em termos profissionais, não existia um par para ela. Esta "revelação" precisa de tempo e precisa de muita força interior mas depois de se ver o caminho é fácil de se chegar lá.

E ver o caminho nada mais é do que aceitar que as escolhas que fazemos nem sempre são as correctas e que precisamos de mudar alguma coisa para podermos ter mais, principalmente aquilo que sentimos falta.

Parabens a todas e todos que têm coragem de mudar e seguir o verdadeiro caminho :-)

E obrigado a si em particular :-)

 

14.07.07

Regresso :-)


tarotnet

E já de volta :-)

As férias passaram rápido, agora só para o ano há mais :-(

Já na segunda feira teremos a respectiva carta do dia e assim retomar o ritmo normal do blog.

Aproveito para dizer que irei contactar todos os que enviaram mails a marcar consultas, pela ordem de chegada dos e-mails e por isso entre esta semana e a outra semana as consultas serão realizadas e já não teremos lista de espera :-)

Os visitantes premiados possivelmente já enviaram o mail com o print screen e também eles serão avisados para efectuarem a sua consulta grátis.

A promoção continua e por isso, cada visitante mil, neste caso vamos para os dez mil, será contemplado com uma consulta grátis. É preciso é enviar o print screen para fazer a prova desse numero :-)

Fiquem bem e se estão neste momento a partirem de férias, "Boas Férias!!" e aproveitem muito.

Até breve,