Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

27.04.07

Blog e Tarot


tarotnet

Todos os dias recebo emails a questionar-me sobre esta "nova" de forma de leitura de tarot, pela internet. Fico com a ideia de que a maioria não pensava ser possivel, por um lado é bom, significa que consegui arranjar um blog e um serviço fora do comum :-) Mas por outro lado também gera alguma confusão e pouco confiança.

Em abono da verdade, já existem outros serviços semelhantes ao meu, por exemplo a Maya na SIC, tinha uma rubrica que fazia tiragens de tarot para alguém que ligasse para o programa. No programa da manhã da TVI, também tinham lá uma taróloga/cristalterapeuta que fazia leituras de tarot pelo telefone ou carta. E até já ouvi na rádio um serviço semelhante.

Por isso a internet é uma forma de comunicação como as outras e até muito nobre, ao fazer-se a consulta pelo messenger, por exemplo, existe uma interecção real entre mim e os clientes e isso é muito positivo. Quando são leituras pelo email é como se fosse uma carta escrita, que me foi dirigida e depois recolocada na caixa do correio.

Mas uma coisa é certa, da minha parte existe sempre o profissionalismo necessário para que as respectivas leituras sejam efectuadas com a maior seriedade (seja numa consulta, seja por email) e nisso infelizmente não sou correspondido por muitos que me procuram:

- Se os emails que recebo diariamente corresponderem a 100% , metades deles são mails sem respectiva informação do consultante, o que me deixa um pouco desgostoso porque não compreendo como é que me querem enviar emails e depois não deixar o respectivo email de contacto.

- 25% deles surgem com questões pouco correctas e quem as colocou apenas quis perder o meu tempo e principalmente foi uma perde da tempo para as próprias pessoas que os escreveram.

-Os outros 25% dividem-se em dois grupos, pessoas que realmente querem ajuda para os seus problemas e acham que o tarot lhes pode lançar algum esclarecimento extra sobre isso e são pessoas que agem de boa fé e pagam o respectivo serviço. O outro grupo são pessoas que aproveitam-se do meu serviço, obtêm respostas às suas questões e depois "desaparecem" porque não querem fazer o pagamento do serviço :-(

É curioso como a maioria das pessoas se queixa da falta de seriedade, de honestidade que existe, mas quando surge um meio/forma em que elas próprias são "testadas" em termos de seriedade pessoal, valores e honestidade, muitas delas que se afirmam tão correctas não passam no teste. E como diz na RFM "Vale a pena pensar nisto" :-)