Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

22.03.08

E que tal falar no Natal?!


Márcio Branco

Costuma-se dizer que o Natal é sempre que quisermos e por isso hoje apeteceu-me falar do Natal. Até vos podia dar uma receita deliciosa de sonhos de cenoura mas mais perto da data oficial eu passo-vos a receita.

Mas mais do que falar do Natal gostaria de falar do Pai Natal, essa figura que ao mesmo tempo que é amada por milhões é também detestada pelos mais puristas do Natal, especialmente os mais fervorosos católicos e anti-consumistas.

Eu cresci com a noção de que o Natal era o nascimento de Jesus, as prendas eram para ele, como os presentes dos Reis Magos, etc. Só mais recentemente é que o Pai Natal conquistou por completo este dia, desde os filmes aos brinquedos, a todo o material natalicio, etc. E eu como sou um adepto a 100% do Natal, seja com menino ou com pai Natal o que importa é o espirito desta quadra :-)

Muitas vezes dizem-me :"Epá (também é um gelado e muito bom por acaso, um dia faço um post só com coisas do meu tempo de criança, como o epá!!) não me digas que ainda acreditas no Pai Natal!!??" - esta frase é dita assim para o sarcástico como a dizer que sou um crente em muitas coisas fora do comum!!!

E eu costumo sempre dizer: "Eu acredito no Pai Natal, tu não?!" - assim como a dizer que é a coisa mais normal do mundo acreditar no Pai Natal e quem não acredita é que está fora do contexto!!!

A resposta surge quase sempre neste tom: "Estás a brincar não estás?!" - como a dizer, queres ver que ele parou de vez!!!

E eu com o meu ar sério (que faço às vezes!): "Não estou a brincar, tu é que deves estar a birncar comigo!" - Assim mantendo a firmeza a outra pessoa por segundos ainda pensa que o Pai Natal talvez exista mesmo ou então sou eu mesmo que parei de vez!! Eheheheheeh!

Mas a verdade é que acredito no Pai Natal, no meu Pai Natal pelo menos, senão vejamos :-):

Pelo Natal o espirito da quadra é a partilha, é o amor, é em fazer bem àqueles que nos são proximos e se possivel a todos os outros. O Pai Natal representa o poder que nós temos para ofertar algo, a nossa forma de elogiar, agradecer, amar, é oferecendo algo a quem gostamos e não só. A um amigo, conhecido, desde pequenos gestos a grandes e dispendiosos presentes, vale tudo, com é feito com sinceridade e entrega.

E se nós próprios podemos ser os agentes dessa oferta, então podemos ser o Pai Natal para alguém, para um familiar, amigo, esposa, etc. É assim que eu vejo o Pai Natal e neste prisma eu acredito no Pai Natal, porque eu sou o "Pai Natal" e tenho o privilégio de ver muitos "Pais Natal" e não só nesta quadra como em todo o ano.

Por isso acreditar no Pai Natal não é nada de errada mas sim de positivo, na fé humana, na capacidade que temos em proporcionar aos outros momentos felizes, sensações agradaveis. É manter em nós a capacidade de sonhar e de tornar o impossivel em possivel e é nunca deixar morrer em nós aquela crinaça que já fomos e que podemos sempre reviver quando fazemos alguém felizes :-)

Por isso deixo-vos aqui a pergunta: "Acreditam no Pai Natal?"