Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

22.09.07

Ficheiros Esotéricos: Correspondência


Márcio Branco

Como podem verificar quando navegam pelo blog, existe um formulário para entrar em contacto comigo e existe também a informação dos e-mails para poderem enviar as mensagens electrónicas. Até aqui tudo bem J

Hoje vou falar-vos um pouco dos e-mails mais curiosos que recebo e por estranho que pareça a maioria deles nem tem nada a ver com o serviço que disponibilizo. Uma coisa que verifico com alguma frequência é que algumas pessoas não preenchem o formulário na sua totalidade e deixam o espaço do e-mail delas em branco. Ora isto para mim só pode ser propositado J Porque senão como é que eu iria adivinhar para quem responder?? E por acaso (também!) muitos destes e-mails curiosos são provenientes de mensagens que me enviam de forma não anónima porque o nome vem lá, mas sem indicação de e-mail.

Pois bem, vamos lá abrir a gaveta dos “tesourinhos deprimentes” do meu mail J Certa vez recebi uma mensagem de um jovem do sexo masculino que me pergunta isto:

“Boa tarde, vi o seu blog e gostei muito. Seria possível que me indicasse uma forma de eu ganhar dinheiro pela Internet? Talvez tendo um blog como o seu. Que indicações me pode dar nesse sentido.”

Por acaso este mail vinha identificado e foi possível enviar uma resposta a este jovem, mas logicamente que me surpreendeu pela negativa. Primeiro porque estava implícito que o meu blog era apenas uma forma “fácil” de ganhar dinheiro e segundo porque estava implícito que eu era uma pessoa com uns escrúpulos pouco honestos e apenas tinha intenções de enganar as pessoas. Vou poupar-vos ao e-mail de resposta J Mas serve para ilustrar um pouco a descrença que existe e infelizmente o meio está mesmo cheio de vigaristas e aldrabões. Mas eu já mencionei isso num post e volto a dizer. Antes de recorrerem a alguém, falem com essa pessoa, tirem as vossas dúvidas, sintam-se totalmente à vontade e só depois é que recorram a esses serviços. Já não digo que todos sejam como eu, que o pagamento é só depois no final da consulta, mas verifiquem bem se a pessoa que estão a lidar é séria e interessada em ajudar-vos. Porque pode perfeitamente ser apenas mais um, que apenas quer obter lucro fácil, nem que seja tendo um blog, como era o caso deste jovem, que pensava que eu era uma mina de ouro e riquíssimo!!!!

“Bom dia, eu gostava de saber se ganha-se muito dinheiro a fazer bruxarias?”

Pois aqui está uma boa questão que não sei responder, porque eu não faço bruxarias e por isso não sei se ganha-se muito ou pouco, mas mais do que perguntar a mim, é melhor perguntar mesmo a uma bruxa J Eu não acredito nelas, mas que elas existem, existem!!

“Olá, eu quando tinha 16 anos fui a uma senhora que me leu as cartas e disse que eu iria morrer jovem. Eu agora tenho 23 anos e namoro com alguém de quem gosto muito e agora?”

Eu posso desde já dizer garantidamente que eu vou morrer jovem, isto porque até poderei morrer aos 100 anos, mas terei sempre a mente jovem J  Por isso este caso poderá ser semelhante ao meu J Este tipo de e-mail é muito típico, alguém que foi um dia a uma senhora que lhe disse alguma coisa assim trágica. Das duas uma, ou estas senhoras que lêem as cartas gostam imenso de ver os outros a sofrer com estas más noticias ou então percebem muito daquilo que estão a fazer J O mais certo e provável é que nada dessa tragédia vai acontecer e por isso apenas devem usar a informação que vos seja útil para o momento que vivem. Não se esqueçam de que o futuro pode ser mudado e alterado, por isso mesmo uma previsão negativa pode ter solução e alteração. Logicamente que morrer vamos todos morrer um dia, isso é o mais certo que temos na vida, depois de nascermos estamos logo em contagem decrescente!

“Olá, eu queria muito que um rapaz me largasse do pé e fiz tantas coisas que ele se afastou de mim, agora vejo que afinal quero-o de volta. O que fazer para ele voltar amanha para mim?”

O departamento de milagres não é no meu blog e muitas pessoas pensam que basta eu ver as cartas e faço tudo aquilo que quero, era de facto bom que fosse assim, mas não é. E por isso vamos a ter uma noção bem real do que é uma consulta de tarologia. Uma consulta é um aconselhamento, uma abertura em eventos futuros ou presentes mas incógnitos para o cliente e que é importante saber essas informações. Com essa informação pode-se alterar depois alguns comportamentos ou acções, mas mediante a nossa própria mudança ou vontade e que se consegue uma alteração positiva para aquilo que nós desejamos. Não se trata de bruxaria nem de outra forma de magia!! Por isso os pedidos milagrosos, infelizmente não consigo satisfazer.

“Eu não acredito em nada disso de tarot´s e outras coisas assim, mas se me pudesse dizer se a mulher que eu gosto se ela gosta de mim eu agradecia”

E para não vos maçar mais, fica aqui o último registo, que também expressa uma frase repetida muitas vezes. Eu respeito todos, os que acreditam muito, os que acreditam pouco, os que nem acreditam. Mas vamos a ser coerentes, se não acreditam para que é que estão a fazer-me perder tempo! Eu vou ter de fazer uma ou várias tiragens e depois ainda me dizem que não acreditam e como neste mail, este já diz que não acredita mas quer saber. Decidam-se J!!!

Mas felizmente isto é uma minoria das pessoas que me contacta, digamos que são 2% dos e-mails que recebo. Os restantes 98% são perguntas e observações dignas de registo porque são já problemas sérios para serem resolvidos e depois são encaminhados para as respectivas consultas. Mas ficou aqui esta breve descrição de alguns e-mails mais caricatos que surgem.

Até breve J