Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

23.03.15

Existem respostas que só vamos encontrar dentro de nós


tarotnet

De todas as temáticas possiveis talvez a que ganhe a todas em percentagem seja a Afectiva, logo seguida da Profissional.

Dentro da temática Afectiva as grandes dúvidas são quase sempre qual a correspondencia do outro para connosco mas de vez em quando surgem questões que por mais perguntas tarológicas façam, a resposta ou as respostas já se encontram bem à vossa frente, senão vejamos este caso prático:

"Eu gosto muito dele mas ele não deixa a esposa, porque será que não deixa a esposa?"

Eu costumo dizer que quando um homem gosta, ele procura e ele faz tudo para estar com a pessoa. Neste caso é sem duvida nenhuma uma situação complexa porque se gosta de alguém que já tem outra pessoa mas temos de enfrentar este dilema de frente e isso é admitir que não existe espaço para três nesta relação, ou ele deixa ou não deixa e ponto final.

Ele vai optar sempre pela pessoa que gostar mais e fim do dilema, podemos ficar tristes ou desiludidos mas sempre é melhor isto e seguir em frente do que andar anos a acreditar no pai natal (digo eu!).

Outra situação similar que recentemente me chegou:

"já consultei vários tarologos e todos eles me dizem que esta relação não vai dar certo porque ele tem esposa e não a vai deixar, mas eu sei que ele gosta de mim e é a mim que quer, porque razão demora ele a deixar a esposa?"

Torna-se grave quando nós vemos os sinais e até temos outras pessoas a mostrarem-nos os sinais mas nós cegamente não queremos ver. Não é preciso andar de especialista em especialista até encontrarmos um que nos vai dizer aquilo que queremos ouvir, infelizmente o amor não é justo nem é civilizado. Quando um homem casado ou comprometido procura outra pessoa em 99% dos casos é baseado o sexo e na excitação fisica que essa relação acarreta e pouco se trata de amor ou paixão avassaladora. Por qualquer motivo a relação com a legitima não está bem e ele arranjou um escape onde se pode sentir melhor, onde sexualmente se pode libertar e voltar a sentir emoção e excitação. Quando a outra pessoa começar a exigir mais do que isto poucos são os casos daqueles que optam pelas outras, na sua maioria ficam pelas legitimas pois a envolvencia emocional com estas é bem maior. Então não é excitante marcarmos encontros com uma mulher em determinado local, dia e hora e aquilo que vamos fazer é actividade sexual pura e dura, dar larga às fantasias, estar totalmente desinibido e satisfazer o prazer corporal, depois cada um regressa à sua vida. Na semana seguinte a mesma coisa, outro encontro e outro jogo erotico e por aí fora. Onde só vemos o lado mais excitação da outra pessoa, o lado sensual, mais produzido e onde estamos apenas nos bons momentos.

Quando a outra pessoa começa a querer também a vertente de viver lado a lado e de partilhar todos os momentos é quando começa o conflicto pois para o homem apenas via aquela outra pessoa como um escape e para viver lado a lado já tem uma esposa que bem ou mal já a conhece e já partilha com ela laços afectivos.

Muitas vezes procuram-se respostas que já estão mais do que esclarecidas mas nós é que não queremos ver.