Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

Tarot na net: a qualquer hora e em qualquer lugar

Com o meu método, pode através da internet fazer uma tiragem de tarot com veracidade e seriedade sem sair de casa. Poderá experienciar o mundo do tarot de uma forma muito positiva: tarot_net@sapo.pt

29.04.07

Novo mês, novo ciclo :-)


tarotnet

A todos já aconteceu iniciarem algo com muita garra e muita determinação e com o passar do tempo, toda essa energia parece dispersar e desaparecer. Com a nossa vida é igual, seja nos nossos projectos individuais, nas metas que queremos atingir ou nas pequenas coisas. Tais como acordar com genica e ir para o ginásio ou ficarmos a dormir porque estamos em dia não.

Nós vivemos numa esfera, na esfera terrestre, e como na terra temos periodos para o dia e para a noite, nós na nossa vida temos ciclos mais positivos e ciclos menos positivos, é normal e não devemos lutar contra isso.

O que podemos fazer é sempre que iniciamos algo, iniciar com garra, com força. Um novo mês vai iniciar e com ele um novo ciclo. Aproveitem estes últimos dias para reflectirem sobre o que podem mudar e sobre o que querem manter.

Infelizmente não estamos sempre a começar do zero, ou seja, não começamos sempre com ciclos positivos e encerramos com ciclos negativos. Isso é algo que já está estabelecido na nossa vida desde que iniciamos o nosso percurso individual. O que quero dizer é que aproveitem este inicio, seja um inicio positivo ou seja um inicio menos positivo, para investirem com toda a força e assim obterem mais positivismo do ciclo positivo e conseguirem atenuar os efeitos do ciclo menos positivo.

Parece-me que estas ultimas frases estão pouco claras!!! Mas por vezes não consigo exprimir-me melhor :-( Se não fui claro, o meu pedido sincero de desculpas.

O importante a reter é que devem começar este novo mês a todo o gás e pensem que vale sempre a pena, porque cada um de nós merece isso :-)

27.04.07

Blog e Tarot


tarotnet

Todos os dias recebo emails a questionar-me sobre esta "nova" de forma de leitura de tarot, pela internet. Fico com a ideia de que a maioria não pensava ser possivel, por um lado é bom, significa que consegui arranjar um blog e um serviço fora do comum :-) Mas por outro lado também gera alguma confusão e pouco confiança.

Em abono da verdade, já existem outros serviços semelhantes ao meu, por exemplo a Maya na SIC, tinha uma rubrica que fazia tiragens de tarot para alguém que ligasse para o programa. No programa da manhã da TVI, também tinham lá uma taróloga/cristalterapeuta que fazia leituras de tarot pelo telefone ou carta. E até já ouvi na rádio um serviço semelhante.

Por isso a internet é uma forma de comunicação como as outras e até muito nobre, ao fazer-se a consulta pelo messenger, por exemplo, existe uma interecção real entre mim e os clientes e isso é muito positivo. Quando são leituras pelo email é como se fosse uma carta escrita, que me foi dirigida e depois recolocada na caixa do correio.

Mas uma coisa é certa, da minha parte existe sempre o profissionalismo necessário para que as respectivas leituras sejam efectuadas com a maior seriedade (seja numa consulta, seja por email) e nisso infelizmente não sou correspondido por muitos que me procuram:

- Se os emails que recebo diariamente corresponderem a 100% , metades deles são mails sem respectiva informação do consultante, o que me deixa um pouco desgostoso porque não compreendo como é que me querem enviar emails e depois não deixar o respectivo email de contacto.

- 25% deles surgem com questões pouco correctas e quem as colocou apenas quis perder o meu tempo e principalmente foi uma perde da tempo para as próprias pessoas que os escreveram.

-Os outros 25% dividem-se em dois grupos, pessoas que realmente querem ajuda para os seus problemas e acham que o tarot lhes pode lançar algum esclarecimento extra sobre isso e são pessoas que agem de boa fé e pagam o respectivo serviço. O outro grupo são pessoas que aproveitam-se do meu serviço, obtêm respostas às suas questões e depois "desaparecem" porque não querem fazer o pagamento do serviço :-(

É curioso como a maioria das pessoas se queixa da falta de seriedade, de honestidade que existe, mas quando surge um meio/forma em que elas próprias são "testadas" em termos de seriedade pessoal, valores e honestidade, muitas delas que se afirmam tão correctas não passam no teste. E como diz na RFM "Vale a pena pensar nisto" :-)

 

25.04.07

Quantas cartas de tarot por tiragem?


tarotnet

Existem vários métodos de tiragem de tarot e se estão espantados por existirem vários métodos não fiquem :-) Até é bastante simples de responder, para cada baralho especifico de tarot existem métodos especificos. E no mercado existem vários baralhos, como já referi e daí que seria para mim exaustivo de escrever e para vocês exaustivo de ler, os diferentes métodos de tiragem, mas vou mencionar alguns.

Eu não uso o tarot de marselha, mas os métodos que vou referir são para esse tarot, também é uma forma simples de começarem a ler o tarot, caso seja um caminho que queiram seguir.

Para perguntas simples, de sim ou não, pode usar-se uma tiragem de apenas uma carta. Sendo que essa carta terá de indicar o sim ou não. Depois temos tiragens com 3 cartas, são para perguntas também muito especificas, para sim ou não. Obviamente que quanto menos cartas, mais dificil se torna de compreender o conjunto da leitura e daí usar-se estas técnicas com poucas cartas, para perguntas muito concretas, em que o consultante apenas quer saber uma resposta afirmativa ou negativa, por exemplo "o meu marido tem uma amante?" .

Passando a leituras já mais complexas, pode usar-se 9 cartas, 10 cartas, 12 cartas (que é o meu caso pessoal) , 15 cartas, 20 cartas. Aqui a experiencia do tarólogo é que dita a regra, é uma questão de método pessoal, de fazer corresponder as diferentes cartas pelas diferentes posições.

Eu faço sempre leituras com 12 cartas, para mim esse valor é o suficiente e também porque é o que encaixa no meu método pessoal de leitura de tarot. Para outros será outro valor :-)

Não conheço tiragens com um numero de cartas superior a 22 cartas, mas porventura haverá algum método. É necessário que cada tarólogo encontre um equilibrio entre o numero máximo de cartas e o numero minino de cartas possivel. Esse equilibrio é que vai possibilitar uma correcta leitura e uma tiragem fidedigna.

Mas não se pode fazer comparações, não é por usar um método de 12 cartas que sou melhor que alguém que use um método com 9 ou 10 cartas, ou vice versa. É uma questão de confiança no método de tarot e no tarólogo que o pratica.

Se isso acontecer então a leitura terá significado e valor, será proveitosa e útil.

23.04.07

Cépticos e previsões/leituras erradas


tarotnet

Quer seja uma consulta presencial, pela internet, telefone, televisão ou rádio tem de verificar-se sempre duas condições: A primeira é que existe alguém que forneça esse serviço e e, segundo lugar, a condição mais importante, é que exista alguém que queira recorrer a esse serviço. Se estas duas condições existirem então poderemos passar para a fase seguinte que é a da consulta propriamente dita. Consulta essa que varia de tarólogo para tarólogo e de cliente para cliente. A atitude do tarólogo é muito importante, mas sobre isso já falei :-) Agora gostaria de mencionar a atitude do consultante, que tem um papel central em tudo isto, é para ele que a consulta é feita, é para ele que as leituras são feitas, é para ele que o tarot está a fazer previsões.

Com estes enfoques todos no consultante, acho que uma pessoa que seja ceptica e não dê valor às revelações do tarot nem deveria sequer recorrer a ele. Por vários motivos: primeiro porque irá dispender tempo, atenção e dinheiro numa consulta de tarot que não irá dar valor. Porque um céptico atribui sempre a informação obtida à obra da casualidade ou da coincidencia. O segundo aspecto é a própria informação obtida, se o cliente está céptico e com uma atitude de pouco interesse a própria tiragem fica prejudicada porque existe uma quebra de energias positivas e as informações serão pouco detalhadas e muito imprecisas.

Menciono isto, porque acho importante que o consultante saiba da importancia que tem numa consulta de tarot, ele não deve esperar que o tarólogo por algum acto de magia lance as cartas e saiba tudo sobre a vida do consultante. Se o consultante não colaborar o trabalho do tarólogo será desgastante porque irá tentar ao máximo obter informações do tarot e ele pouco ou nada irá dizer e depois o consultante céptico irá afirmar que a consulta de tarot não foi tão esclarecedora como pensava que iria ser, etc, etc.

Na verdade os cépticos não querem leituras esclarecedoras :-) Porque se quisessem teriam estado concentrados na consulta em vez de estarem a torcer para que nada se soubesse. Eu pela minha experiencia pessoal tenho tido casos destes, pessoas mais cépticas que por alguma razão recorrem aos meus serviços mas na verdade não o deveriam ter feito. Porque eu, nestes moldes, não os posso ajudar. Por exemplo, eu tenho peço para que me informem sobre o nome, a idade e o local de residencia e já aconteceu eu estar numa consulta e as informações obtidas estarem a ter algum desfazamento com a realidade em causa. Para meu espanto final o cliente tinha-me dado nome, idade e local de residencia falsos!!! Assim não é dificil, é impossivel :-)

Se não houver um pouco de colaboração do consultante o resultado final, em vez de ser uma experiencia enriquecedora, será sim uma sessão penosa de perca de tempo. E acho que sendo assim nem vale a pena tentarem recorrer ao tarot, se não acreditam não tem mal nenhum nisso, cada um deve valorizar os aspectos que achem serem importantes. Se não valorizarem o tarot não tem problema nenhum, o único aspecto negativo é quando tentam recorrer a ele sem acreditarem nas suas qualidades e vantagens.

Espero que o numero dos cépticos diminua ou então que quando queiram fazer uma sessão de tarot estejam preparados para se envolverem no processo e assim ficarem admirados com o potencial do tarot :-)

18.04.07

Tarot nos dias de hoje


tarotnet

Como já disse noutro post, o tarot tem sabido estar actualizado com as exigencias dos diferentes periodos temporais e nos dias de hoje não será excepção. O caso deste blog, por exemplo, uma nova gama de oferta em termos de tarologia, tarot pela internet. Mas não é sobre isso que irei dedicar as próximas linhas, mas antes à necessidade ou não da sociedade actual em recorrer ao tarot, será ainda algo útil ou pelo contrário é algo que actualmente já não fará sentido?

Para mim, nunca como agora, o ser humano se sentiu perdido e deslocado. Quem fomos, qual o nosso rumo na vida, os nossos desejos internos colidem com as oportunidades que a sociedade nos oferece, os nossos anseios e problemas são esquecidos num turbilhão de outros anseios e problemas que assolam os nossos dias. Duvidas existências, crises internas, contrapondo com uma sociedade totalmente "aberta", onde tudo se sabe e pode saber. Informação online, duvidas esclarecidas em segundos, por um lado temos um universo de saber e informação e por outro muitas duvidas e pouca confiança na nossa capacidade.

Aqui entra o tarot, com o seu caracter positivo e de confiança na dimensão humana. O tarot informa o ser humano que ele é capaz de tudo, nada existe como barreira, desde que ele assim o deseje, lute e tenha disponibilidade para mudar. Através de uma tiragem de tarot conseguimos determinar as nossas energias actuais, qual o melhor caminho a seguir, quais os investimentos certos a fazer e tudo isto sempre como conselheiro e guia, o tarot a nada obriga. É a capacidade pessoal de cada um, de aceitar essas informações e querer mudar ou agir em conformidade com o que foi dito. Cada acção gera uma reacção.

Esta crença positiva na capacidade humana, faz do tarot uma preciosa ajuda e um precioso instrumento de aconselhamento, para todas as fases da nossa vida.

17.04.07

Esclarecimento de dúvidas


tarotnet

Tem surgido com alguma frequência questões colocadas através do formulário do blog, sem nome ou respectivo email para poder entrar em contacto com a respectiva pessoa.

Ao enviarem mensagens para mim, através do formulário do blog, não se esqueçam de colocar o vosso nome e o vosso respectivo endereço de email. Senão nunca poderei responder às vossas questões, porque não tenho forma de vos enviar a resposta.

Em relação às duvidas de pagamento, é muito simples, basta depois da consulta por messenger ou depois de enviada a resposta por email, irem a uma caixa multibanco e fazer uma transferencia bancária para o meu nib.

Eu no final da consulta online ou por email (quando as respostas são enviadas por email), envio-vos o meu NIB e já podem efectuar a respectiva transferencia.

Em ultimo lugar peço-vos que quando fizerem algum pergunta, indiquem o vosso nome, local de residencia e idade, para assim poder efectuar uma resposta mais precisa. Não se preocupem porque esses dados são confidenciais e não os revelo a ninguém, mas sem eles torna-se dificil efectuar as tiragens de tarot de uma forma equilibrada.

 

 

17.04.07

Mulher ou Homem??


tarotnet

Existe sempre essa curiosidade não é? Saber quem recorre mais aos serviços esotéricos, será a mulher ou homem? Não posso falar pelos serviços esotéricos em geral, por isso abordo apenas a minha experiência. No meu caso a procura é quase equilibrada, sendo que as senhoras talvez sejam 60% dos meus clientes e os senhores 40%. Não é uma diferença assim tão significativa :-) Por isso acho que afirmar que a propensão para o esoterismo é uma questão de género é muito forçada, a resposta poderá estar noutros factores. Nomeadamente, por exemplo, no tipo de procura. Sem dúvida que aquilo que as senhoras procuram não é aquilo que os senhores procuram, pelo menos numa primeira abordagem, depois ao aprofundar-se as temáticas poderemos abrangir todos os campos, mas se tivemos que fazer uma comparação apenas numa primeira consulta, as tendências seriam bem diferentes. Os senhores numa primeira fase procuram informações sobre a carreira. O lado profissional está bem vincado no sexo masculino, seguido da tiragem para a saúde. Depois destes campos bem explorados, podem passar para o campo amoroso :-) Esta sequencia de análise é caracterizadora da preocupação masculina, primeiro uma boa vida profissional, acimentada numa saude razoavel, para que possam constituir uma familia em total segurança. Sem dúvida e cada vez mais, nos dias de hoje, ter um emprego é sinónimo de estabilidade familiar. As senhoras já começam por querer saber primeiro o seu lado afectivo, depois a saúde e em terceiro lugar a vertente profissional. Logicamente que estou a simplicar tudo isto, cada caso é um caso, mas digamos numa média de clientes, a tendência será esta. Para o sexo feminino a estabilidade emocional é sinónimo de estabilidade psiquica/saude e com isso uma boa dinamica profissional. Daí inicialmente se procurar informações sobre o lado amoroso, depois a saude e também o emprego. Já lá vai o tempo do amor e uma cabana!! E cada vez mais o lado profissional se sobrepõe, devido à instabilidade económica, à precariedade de empregos, isso faz com que a nossa vida tenha mais e novas preocupações e também novos desafios para ultrapassar. Mas uma coisa é certa, tanto homens como mulheres necessitam de ter todas as vertentes equilibradas (amor, saude, profissão) para que consigam ter uma vida saudavel e preparada para enfrentar os problemas, se alguma destas vertentes estiver menos bem, é certo que as outras irão reflectir isso.

17.04.07

"Saiu-me a carta da Morte. Isso é muito mau?"


tarotnet

No baralho de tarot existem muitas cartas, no meu baralho por exemplo existem 78 cartas. Numa abordagem geral todas elas são importantes, porque cada uma delas tem um significado próprio e conforme cada tiragem elas podem significar muito ou quse nada.

Por certo muitos de vós já ouviram falar dos arcanos maiores e arcanos menores (não me vou debruçar muito agora neste ponto, depois falarei noutra altura) e costuma-se dar mais relevancia aos arcanos maiores do que aos menores porque os arcanos maiores são cartas mais poderosas, com mais significado, representam valores bem mais altos.

Um dos arcanos maiores é a Morte e hoje vou perder umas linhas a falar sobre a morte, não sobre a morte fisica dos nossos corpos, mas sobre a carta da morte que assusta tanta gente :-)

Das cartas com mais influencia negativa podemos mencionar a Lua, a Torre, o Enforcado, a Encadeação do Mal. São cartas que pelo seu significado e força influenciam de forma negativa as cartas circundantes. Não fiquem já alarmados porque se sair alguma destas cartas no vosso jogo de tarot, não quer dizer que está tudo perdido!!! Simplesmente e muito naturalmente existem periodos menos positivos e quando isso acontece, muito provavelmente uma destas cartas está presente.

Mas a carta da Morte aterroriza muita gente, se sair esta carta parece que saiu uma sentença de condenação eterna, de morte imediata. E não é nada disso (pelo menos em 99,9% dos casos). A carta da Morte, de um modo muito grosseiro e geral, significa o fim de um ciclo e o inicio de outro ciclo completamente diferente deste, que agora termina. Esse fim de ciclo, como o nome indica é a morte dessa situação ou desse problema que se vive presentemente (ciclo) e nada mais. A carta da Morte é de facto por vezes uma carta fantástica, porque prevê o fim de algo menos bom e o inicio de algo melhor.

Espero que agora já se sintam melhor quando porventura sair no vosso jogo a carta da morte, encarem de uma forma positiva, porque isso vai ser sinal de inicio de algo melhor e fim de algo menos positivo.

15.04.07

Ciclos de vida


tarotnet

Quando se faz tiragens de tarot, uma das coisas que se verifica logo é a tendencia do ciclo que a pessoa está a passar nesse momento. Como o nome indica, o ciclo é algo que oscila ciclicamente (por periodos) entre o positivo e o menos positivo.

Os ciclos podem ser certos ou irregulares e não correspondem a uma determinada altura do ano ou do mês. Cada pessoa tem os seus ciclos e isso é algo naturalissimo nas nossas vidas. Umas vezes estamos melhor, outras menos bem e em alguns casos estamos no ponto intermédio.

Não há nenhum ciclo que perdure no tempo, nem tudo pode ser sempre mau e também nem tudo pode ser sempre bom! A duração dos ciclos depende de diferentes factores, da nossa postura perante as adversidades, a nossa força de vontade, propensão para o pessimismo, etc.

Mas tudo isto é natural, como existe o inverno e o verão, também nós necessitamos de ter os nossos momentos em baixo para depois podermos apreciar totalmente os momentos melhores.

Se porventura estiverem a iniciar o vosso ciclo menos positivo não se deixem abater, lutem contra ele e tornem esse periodo aparentemente mais dificil em algo melhor, vençam a adversidade. Se estiverem no vosso ciclo positivo, aproveitem ao máximo e semeiem coisas boas para depois colherem coisas boas :-)

Cada ciclo surge na nossa vida como uma oportunidade, algo de produtivo a ser realizado.

E por vezes para avançarmos na vida necessitamos de encerrar permanentemente ciclos e começar outros.

Estejam atentos a isso e sejam mais felizes :-)

Pág. 1/2